Linux – Guia Rápido

Olá a todos, com a intenção de criar um Guia rápido para linux com alguns comandos que algumas (muitas) vezes não lembramos, estarei colocando nesta página diversos comandos, caminhos dos arquivos de configuração de vários serviços, entre outras coisas que possa vir a ser uteis para mim e para vocês também.

####################################################################

26/05 – Montar compartilhamento Windows no Linux (smbfs)

Primeiramente vamos instalar o pacote responsável pela comunicação Windows/Linux

#apt-get install smbfs

As dependências serão instaladas automaticamente.

Agora digitamos no terminal ou podemos montar 1 script contendo o comando:

mount -t smbfs -o username=USUARIO //IP.DO.SERVIDOR.WINDOWS/pasta/compartilhada /PONTODEMONTAGEM

-t smbfs  Especifica o sistema de arquivos (NTFS Windows)

-o username=USUARIO Nome de um usuário válido no Windows para autenticação

/PONTODEMONTAGEM  Onde será montado a pasta localmente no Linux

No meucaso ficou assim:

#mount -t smbfs -o username=Renan //192.168.0.11/usuarios/Renan /root/Backup

Ou seja, montei a pasta que está no servidor remoto Windows  //192.168.0.11/usuarios/Renan na pasta local  /root/Backup

Para desmontar use o comando #umount /PONTODEMONTAGEM

Ex. #umount /root/Backup

Até a Próxima.

####################################################################

18/05 – Configurando IP estático em derivações Red Hat

Logado como root edite o arquivo:

vi /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0

Na Linha BOOTPROTO altere para “static” e coloque o ip e a mascara:

 DEVICE=eth0
 BOOTPROTO=static
 IPADDR=192.168.1.100
 NETMASK=255.255.255.0
 ONBOOT=yes

Edite o arquivo abaixo para adicionar o gateway:

vi /etc/sysconfig/network
GATEWAY=192.168.1.1

E para finalizar é necessario configurar o dns:

vi /etc/resolv.conf

Use os DNS’s de sua operadora ou DNS Publico como por exemplo:

nameserver 8.8.8.8
nameserver 8.8.4.4

Reinicie o serviço:

/etc/init.d/network restart

Isso é o Básico, deve funcionar!

####################################################################

28/04/2011 – Colorindo o Prompt de comando.

Edite o arquivo .bashrc que encontra-se dentro da pasta home de cada usuário, para colorir o prompt do usuário Root por exemplo, vi /root/.bashrc

Descomente ou adicione as seguinte linhas:

export LS_OPTIONS='--color=auto'
eval "`dircolors`"
alias ls='ls $LS_OPTIONS'
alias ll='ls $LS_OPTIONS -l'
alias l='ls $LS_OPTIONS -lA'

Por ultimo descomente a linha da variável PS1 e altere para que fique como a seguinte linha abaixo:

PS1='${debian_chroot:+($debian_chroot)}\[33[01;33m\]\u\[33[01;31m\]@\[33[01;36m\]\h\[33[00m\]:\[33[01;37m\]\w\[33[01;32m\]\$\[33[00m\] '

Relação das cores:

Cores Caracteres Fundo
Preto 30 40
Vermelho 31 41
Verde 32 42
Amarelo 33 43
Azul 34 44
Roxo 35 45
Ciano 36 46
Cinza 37 47

Até a Próxima Dica.

##########################################################################

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s